segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Palavra "sapato"

Hoje aprendemos uma palavra nova: "sapato".
A professora propôs que inventassemos oralmente uma história colectiva, continuando a frase:
"Era uma vez um sapato...."

Enquanto íamos dando ideias (quase) ordenadamente, ela foi escrevendo no seu caderno, depois leu e melhorámos algumas coisas. No fim, passou para o computador e nós ilustrámos.
Aqui fica o nosso primeiro texto colectivo:

O Senhor Sapato

Era uma vez um sapato mágico que saía todas as noites de sexta-feira para ir ao Jardim Zoológico. Era o senhor Sapato-ténis.
Ele era lilás com bolinhas verdes. Usava gravata azul às bolinhas vermelhas, porque era do Benfica, e chapéu verde como os velhotes, porque também gostava do Sporting.
No Jardim Zoológico, ele trabalhava a dar comer aos animais e a ver se estava tudo bem. À noite, só os sapatos podiam lá entrar. Enquanto dava comer aos animais, brincava com eles. Para isso, usava uma lanterna.
O senhor Sapato-ténis também lavava os dentes aos animais e dava-lhes banho com uma escova, enquanto cantava uma canção.
Ele também conduzia um comboio chamado sapateira, onde levava os outros sapatos a passear.
Um dia, o senhor Sapato descobriu um caminho mágico no meio do Jardim Zoológico. Esse caminho ficava num buraco, no chão da jaula dos gorilas.
Ele entrou no buraco, desceu umas escadas agarrado a um corrimão e, no fim, viu uma Menina-sandália e apaixonou-se por ela.
Ela tinha ido à procura do seu mano e ficou presa. Como estava muito escuro, não conseguiu ver a saída e ficou à espera que a fossem salvar.
A Menina-sandália ficou muito contente e corada e deu um beijinho ao senhor Sapato-ténis.
Então, os dois foram à procura do irmão dela, que era um sapato de bebé, e descobriram-no num buraquinho de uma jaula.
O senhor Sapato-ténis casou com a Menina-sandália e tiveram um par de sapatos gémeos.

1.ºA

4 comentários:

Anónimo disse...

Olá à Professora Marisa e a todos os meninos e meninas,
Gostei muito da vossa história e fiquei admirada como já conseguem imaginar e construir uma história com tantos pormenores. Também gostei do final feliz.
beijinhos e bom trabalho
mãe da Matilde e da Isabel

Anónimo disse...

Olá a todos,

Parabéns pela história!

Bom trabalho,
Pais do Afonso

Fausto disse...

Olá,
Mas que rica sapataria que aqui vái! Acho que vou escolher alguns modelos para mim.
E uma bela história - muitos parabéns a todos.

Fausto

Anónimo disse...

Olá meninos!

Bonita história! isso é que é!
Parabéns!

Beijocas,
Mãe do Luis