terça-feira, 31 de março de 2009

Natação

Olá golfinhos e pais!
A Natação está quase a começar para os alunos que estão inscritos nas Actividades de Enriquecimento Curricular e vai decorrer durante as aulas de expressão física de 90 minutos, sendo o transporte, a piscina e o técnico, assegurados pela Câmara Municipal de Palmela.
A primeira aula será já no próximo dia 14 de Abril, terça-feira, primeiro dia de aulas e devem ir preparando os materiais necessários.


Equipamento:
Para as meninas: touca, fato de banho, toalha e chinelos.

Para os meninos: touca, tanga, toalha e chinelos.

Todos deverão trazer roupa fácil de vestir e despir.
Para frequentar as aulas de Natação, é necessário que imprimam e preencham o seguinte documento, que também estará disponível na escola em suporte de papel e que vos enviei por mail:
natação

Depois de preenchido, podem entregar na escola, ao cuidado da professora Marisa, ou mandar pelos alunos no dia 14.
Mas não se esqueçam de o fazer!

segunda-feira, 30 de março de 2009

Mandalas

Porque nas férias também é essencial os golfinhos treinem a sua concentração, aqui vos deixo algumas mandalas bonitas para colorir.


Não se esqueçam: pintem num sítio e ambiente calmo, usem as cores que a vossa cabeça escolher e pintem do centro para fora e no sentido dos ponteiros do relógio

Imprimam-nas no tamanho que desejarem e divirtam-se pintando.





domingo, 29 de março de 2009

Trabalhos de férias

Chegaram as férias da Páscoa!

Está na hora de parar um pouco e descansar, para nos prepararmos para um 3.º período cheio de emoções e novas aprendizagens.

Aproveita bem estes dias para fazer actividades que te façam crescer saudável e ser feliz: BRINCAR, CANTAR, PASSEAR, JOGAR, COMER AMÊNDOAS E OVOS DA PÁSCOA, PARTILHAR TERNURA E AMOR, DORMIR, VER TELEVISÃO, LER, CONVERSAR, CORRER, ANDAR AO AR LIVRE…

E para não te esqueceres da escola, aproveita também para:
- Participar no Concurso de Fotografia;
- Consultar e comentar o nosso e os outros blogues;
- Fazer os trabalhos que estão na capa de elásticos;
- Ler um livro à tua escolha, escrever o resumo da sua história e preparar uma apresentação do mesmo à turma;
- Fazer as páginas 104, 105, 112 e 113 do manual de Língua Portuguesa (ficha, cópia e ditado);
- Estudar as tabuadas.


A escola recomeçará no dia 14 de Abril, terça-feira!

sábado, 28 de março de 2009

I Festa do livro infantil

Aqui fica uma sugestão para os golfinhos e os seus pais, que me foi enviada pela mãe Ana Lúcia e que me parece uma excelente opção de saída para a nossa malta:

Podem consultar aqui o Programa desta festa e planear uma saída literária muito interessante.

Divirtam-se com os livros!

sexta-feira, 27 de março de 2009

Parabéns Tomás A.

Hoje o Tomás A. fez 8 anos.

O nosso golfinho estava radiante e bem-disposto (como sempre) e contagiou os amiguinhos.

A mãe e os manos vieram cantar o parabéns connosco e trouxeram um bolo delicioso.

Parabéns, meu querido!

Espero que a tua festinha de Domingo corra às mil maravilhas.

12.gif

quarta-feira, 25 de março de 2009

Ida ao cinema

Olá amigos golfinhos!

Lembram-se quando, no final do passado ano lectivo, combinámos ir todos juntos ao
cinema?
Pois bem, gostaria de repetir o acontecimento. Que acham?
Eu proponho irmos assitir ao filme "Monstros vs. Aliens", no fim-de-semana após a sua estreia. Concordam?
Se tiver companhia, confirmo dia, hora e local aqui no blogue. Fiquem atentos.
Beijocas


Concurso de Fotografia

Olá pais!

Temos novidades para vocês!

A nossa escola está a promover um concurso de fotografia, em parceria com a Rede Social da Quinta do Anjo.

Queremos ver a nossa aldeia valorizada e contamos com os nossos alunos para divulgar a sua beleza através da fotografia.

Vejam o regulamento em
http://quintadoanjo.ning.com/main para conhecer mais pormenores e aproveitem para se registar neste espaço de promoção da nossa terra.

Vamos todos participar e mostrar o nosso olhar sobre a Quinta do Anjo.

Participem! Divirtam-se!

terça-feira, 24 de março de 2009

Se eu vivesse no fundo do mar 3

Se eu vivesse no fundo do mar gostaria de ser peixe.
Eu viveria no mar e ao fundo do mar.
Eu comeria a carne.
Brincaria com os meus amigos: o caranguejo, a tartaruga e o tubarão.
Teria uma família e iria a uma festa de anos.


Fábio

OLA! EU SOU O CARANGUEJO.
SE UM PESCADOR ME APANHAR EU MORDO A PESCA E ESCONDO-ME NO CORAl.
TENHO SORTE POR SER CARANGUEJO. POSSO ESTAR FORA DE ÁGUA OU DENTRO DE ÁGUA.
AS MINHAS PINÇAS DÃO PARA FAZER MÚSICA OU BELISCAR E É ISSO QUE EU FAÇO NUMA BANDA MUSICAL. O CANTOR É O PEIXE.
EU COMO ALGAS.


ISABEL


Se eu fosse uma sereia

Se eu uma sereia viveria com uns golfinhos. Dois deles estariam a estudar e os outros estariam a ajudar-me.
A estrela seria a minha melhor amiga.
Teria19 anos.
Teria uma cauda verde, coberta de escamas verdes e brilhantes.
Viveria numa gruta com algas, búzios, escamas e corais.


Inês S.


O rei tritão

Se eu vivesse no fundo do mar teria um tridente e seria o rei dos tubarões e dos golfinhos.
O meu comer preferido seria concha de algas.
Viveria com um polvo e um golfinho.
Nós iríamos sempre ao salão de jogos marinhos. Lá haveria o “Mata toupeiras”, o “Apanha o tubarão”, o “Monta o cavalo-marinho” e muitas mais jogos.
A nossa casa seria feita de pedras e búzios. A cama seria feita de algas e teríamos matraquilhos com a equipa tubatubarão e a equipa polvelhe.
Daríamos muitas voltas, jogaríamos à bola e teríamos aulas de karaté para nos protegermos das baleias.
A nossa roupa seria feita de: algas, conchas, búzios e até estrelas-do-mar!
E todos os domingos iríamos à festa do super golfinho, onde haveria muitas danças, comeres e jogos.


João

O polvo


Se eu vivesse no fundo do mar viveria numa rocha.
E teria: uma grande família, muitos animais e um rei.
Ao pé da minha casa teria uma anémona e tudo do mar. Era um polvo que eu gostaria de ser.
E teria uma banda muito fixe: o peixe tocava flauta, o caranguejo viola, a manta bateria e a alforreca guitarra.


Henrique

O tubarão Afonso e o irmão tubarão José Pedro


Se eu vivesse no fundo do mar, seria um tubarão e chamar-me-ia Afonso.
Viveria numa gruta e comeria peixes maus.
Teria 100 anos de idade.
O trabalho que teria era ser chefe de cozinha e trabalharia no restaurante “O grande peixe”.
Viveria só com o meu irmão José Pedro. E jogaríamos a vários jogo. Gostaríamos de jogar playstation2 para jogar “Star Wars”.

Afonso

segunda-feira, 23 de março de 2009

Dia Mundial da Árvore e da Floresta

Hoje tivemos uma tarde em grande!
Ao contrário do previsto, fomos comemorar o Dia Mundial da Árvore e da Floresta depois do almoço, para o Sobral da Quinta do Anjo, numa festa organizada pela Câmara Municipal de Palmela.
O azar dos atrasos acabou por ser a sorte dos golfinhos, que estiveram toda a tarde muito divertidos. Os nossos meninos plantaram 7 plantas, de diferentes espécies, brincaram nos insufláveis, jogaram matraquilhos humanos e fizeram escalada.
O tempo estava óptimo e podemos dizer que foi uma tarde bem passada.

domingo, 22 de março de 2009

Se eu vivesse no fundo do mar 2

Se eu vivesse no fundo do mar…

Era um golfinho chamado Diogo.
Vivia com a mãe e o pai.
Os meus amigos eram os peixes e outros golfinhos.
Brincava com as anémonas.
Diogo



Eu em sereia

Olá! Sou uma sereia.
Tenho1irmão e tenho 4 melhores amigas: a Francisca, a Catarina, a Inês D. e a Inês R.
Às vezes brinco com golfinhos e com cavalos-marinhos.
Às vezes vou à superfície.
A minha casa é no bosque das sereias. A minha cama é feita de conchas e a minha almofada é de algas.
O rei Miguel é muito rígido. Está sempre zangado! Não há ninguém que o ature.
A minha profissão é veterinária.
Maria

Se eu vivesse no fundo do mar eu teria o mar limpo e conchas arrumadas no lugar.
Eu seria uma sereia e gostaria do polvo, do peixe, do caranguejo e da minha amiga muito pequenina que se chamaria Beatriz. Ela teria uma madrasta que seria a raia.

Francisca


A vida do peixe balão

Se eu fosse do mar seria um peixe balão.
Moraria na rua São Valentim.
Chamar-me-ia Tim Tim.
Viveria numa gruta e ao pé dela estaria rodeado de anémonas e algas para comer.
Teria muitos amigos. Não têm noção!
Comeria algas e mais algumas coisas.
A minha família seria muito grande.
E quando não tivesse nada para fazer, brincaria com os meus amigos ou andaria de baloiço.
Seria adulto.
Seria o maior de todos os peixes.

Tomás A.

A minha vida no mar…

Se eu fosse um golfinho, gostariam de dar saltos mortais, nadar para trás, brincar à apanhada, às escondidas e muito mais. Também jogaria futebol, mas não seria com uma bola, seria com uma pedra.
Gostaria de ir abanar o capacete nos bares e nas discotecas do mar.
Daniel

sábado, 21 de março de 2009

Mais no "Ler e contar"

Na sala dos golfinhos, o "Ler e contar" dá muito que falar!
E são variadíssimos os assuntos tratados neste espaço de protagonismo, com o qual iniciamos as manhãs de terças, quartas e sextas-feiras.

Vejam 4 dos exemplos e admirem a imaginação da pequenada:

O borreguito Zacarias, ainda com cordão umbilical!
(o mais recente animal de estimação do Luís)

Os monstros da Inês D., verdadeiras obras de arte das aguarelas!


As mãos de fada da Inês R., ensinando pontos aos amigos e mostrando as suas costuras!


Os ténis novos do Diogo, futuro campeão do mundo futebolístico, actual jogador na Escolinha do Palmelense!

sexta-feira, 20 de março de 2009

Trabalhos sobre os pré-históricos

Os golfinhos andaram a fazer um trabalho sobre os homens pré-históricos.
Depois das pesquisas, do powerpoint, dos debates de troca de conhecimentos, de vídeos e de muitos livros, passaram à escrita de textos e às ilustrações.

Os textos foram copiados no computador e, juntando-lhes os desenhos, foram elaborados pequenos cartazes, que actualmente se encontram expostos na sala de aula e que constituirão as páginas de um grande livro colectivo sobre o tema.
Parece que aprendemos todos muito acerca deste assunto!


O meu pai - 2.ªparte

O meu pai é forte, bruto, furioso, querido e muito famoso. Henrique

----------
O meu pai morde os meus cães e eles choram. É guloso, bruto, bonito e querido. Fábio
----------
Olá pai. És o melhor pai do mundo e a mãe também e não é pai! Inês D.
----------
O meu pai é forte, viajante, reguila e comilão. Francisco
----------
O meu pai é esperto, trabalhador, divertido, comilão e simpático. Inês B.
----------
O meu pai é querido e preocupa-se com a família. Ele é forte, lindo, bricalhão, comilão, muito simpático, trabalha muito. Francisca
----------
O meu pai é musculado e também é louco por cerveja. Adoro-te pai! Daniel
----------
O meu pai é brincalhão e é engraçado. Inês R.
----------
O meu pai é brincalhão, divertido e engraçado. Duarte
----------
O pai é bonito. Diogo

quinta-feira, 19 de março de 2009

O meu pai - 1.ªparte

Feliz Dia para todos os pais, em especial para o meu e para o dos golfinhos.
E para festejar, para além das prendinhas, queremos mostrar-vos um pouco como são os nossos pais, na opinião dos filhos.

Hoje falamos sobre metade dos pais-golfinhos e amanhã teremos o resto.
Deliciem-se!

O meu pai é: giro, fixe, brincalhão, bom cozinheiro, meu amigo, muito bom em computadores e muito forte. João

O meu pai gosta de comer, brincar, ajudar, falar e fazer o jantar. Eu gosto do meu pai. Maria

O meu pai é forte, bonito, inteligente, brincalhão e giro. Gosta de ajudar, comer, trabalhar e gosta da familia. Matilde S.

O meu pai é giro, trabalhador, guloso, brincalhão, simpático e desportista. Gosta de viajar. Matilde A.


O meu pai é um bom pescador, um bom padeiro e faz pães deliciosos. É forte e é giro. Tomás F.

O meu pai gosta de cerveja e por isso é forte, é alto, bonito, magro e brincalhão.Tomás A.


O meu pai é estudioso, sabe muito e adora mesmo, mesmo cerveja. É sério, muito esperto, guloso, muito brincalhão, carinhoso e muito vaidoso. Vasco

O meu pai é leitor, alto, perfumado e bonito. Afonso


O meu pai é trabailhor, alto, corajoso e brincalhão. Beatriz


O meu pai brinca com muito com a minha mãe e joga à bola comigo. Ele é muito brincalhão e também é curioso. Ele faz coisas malandrecas. Ele gosta muito da minha mãe. Ah, pois! Ele gosta tanto da minha mãe como a minha mãe gosta dele. Luis D.

O meu pai é brincalhão, esperto, guloso e muito traquina, mas também gosto dele porque é querido, amigo e simpático. Clara


O meu pai é muito brincalhão, muito esperto e muito atarefado. Ele é muito dorminhoco. Catarina


O meu pai é um homem muito trabalhador, perfeccionista e responsável. É tímido, mas adora receber mimos. Dele herdei muitas qualidades, das quais me orgulharei até ao fim do Mundo. Todos os dias gosto um bocadinho mais dele. Marisa

terça-feira, 17 de março de 2009

Obrigada Turma dos Piratas!




Às voltas com visitas aos nossos amigos bloguistas, através da Turma dos Piratas descobri uma excelente ferramenta para os meus golfinhos.

Lembram-se de um dos livros que estudámos sobre D. Afonso Henriques, aquele que até tinha um CD? Pois é, esse livro está online no site do Instituto Camões e podem a ele acerder nesta morada. Um excelente maneira de aprender a História de Portugal!

Proponho-vos o seguinte: ouçam o livro do nosso primeiro rei e depois respondam às questões. De certeza que terão uma boa pontuação!

Beijocas

Obrigada, amigos Piratas!
Adorei a descoberta.

O Mundo é grande e pequeno ao mesmo tempo.

Multiplicar com transporte

Depois de estar já interiorizado o algoritmo da multiplicação simples, ontem começámos a estudar o algoritmo da multiplicação com transporte.

Seguimos vários passos e começámos o grande treino destas operações:



E agora um jogo online para treinar as multiplicações e as tabuadas:
Jogo da multiplicação

segunda-feira, 16 de março de 2009

Se eu vivesse no fundo do mar 1

Depois de trabalhada a história "A menina do mar", surge a vontade de escrever.
Desta vez, os golfinhos foram convidados a imaginar que viviam no mar.
Com a imaginação a fervilhar, as palavras na folha foram surgindo. Depois, foi ajustar a ortografia e a estrutura dos textos, passá-los no Magalhães e ilustrar.
Bonito!!!!!

O tritão e os três amigos


Se eu vivesse no fundo do mar teria um jardim de corais.
Teria dois guarda-costas tubarões, teria um cavalo-marinho mensageiro, teria três amigos (Duarte, o camarão, Henrique, a lula, e Tomás A, o eremita) e teria a Marisa como bailarina.
A minha casa seria uma anémona.
Eu seria um tritão.

Tomás F.



A sereia e o cavalo-marinho


Se eu vivesse no fundo do mar lá haveria algas.
Eu seria uma sereia e os meus amigos seriam o cavalos–marinhos.
Eu viveria com o meu amigo, que me faria o jantar.
No fundo no mar haveria pedras, estrelas e mais coisas.
O meu amigo nunca me poria de castigo porque eu nunca me portaria mal e quanto ele me mandasse ir lavar os dentes e ir para a cama eu iria sempre.
Quando fosse de dia eu iria sempre brincar, porque o meu amigo me deixaria sempre ir brincar com os meus amigos.
E também me iria levar à escola.

Beatriz


O golfinho Mickey e os seus amigos

Olá, eu sou o golfinho Mickey e jogo futebol aquático.
Vivo no Rio Sado e tenho 24 amiguinhos que são: o Bolhinhas, o Pipoca, o Guelras, o Grandalhão e o Kiko.
Durmo numa cama feita de algas e durmo muito bem.
Vivo sozinho, porque a minha família desapareceu no mar.
Quando me divirto vou para a discoteca com o meu amigo Kiko, mais o Bolhinhas e bebemos sumóis de algas, dançamos e falamos.


Francisco


O golfinho roqueiro

Olá, eu sou um golfinho e sou roqueiro. Dou grandes concertos.
Eu durmo numa cama feita de algas e tenho ostras ao fundo da cama. Durmo perfeitamente. A minha casa é muito grande. Tem casa-de-banho, cozinha, quarto, uma sala de cinema, que serve para treinar os meus concertos, onde tenho um ecrã gigante com playstation.
Tenho 20 guardas e na banda o polvo toca bateria, o tubarão viola, a baleia fica no coro e o sapo canta comigo.
Os meus amigos mais próximos são: o tubarão, a baleia e o polvo.

Eu namoro com uma sereia muito bonita.
Às vezes, o polvo descuidas ao som do Rock. Eles vêm dormir à minha casa e a dormir só se descuidam e também ressonam.
O meu almoço é hambúrguer com algas fritas.
Hoje vou à casa das sereias. Elas são demais e são muito bonitas.


Luís D.

domingo, 15 de março de 2009

Fichas de Avaliação de Março

Olá golfinhos!

Vim aqui só para vos recordar das datas e conteúdos das fichas de Março.

Beijocas

Bom estudo!

quinta-feira, 12 de março de 2009

Experiência no "Ler e contar"

video

Ontem, no "Ler e contar", o Henrique mostrou-nos uma actividade experimental.
Trazia um saco com um pó branco (farinha maizena, segundo diz), um copo com água, um alguidar e uma vara. Ficámos todos muito curiosos!
O nosso golfinho cientista mostrou-se muito empenhado e realizou a actividade com muito profissionalismo, mas ficou espantado, pois não conseguiu os resultados que esperava.
Como sabemos que, em casa, conseguiu que a experiência resultasse, e para que não desanimasse, aproveitámos a oportunidade para lançar algumas hipóteses do que poderia ter corrido mal:

O que fez com que a actividade não resultasse?
- Pôs farinha a mais? Afonso
- Pôs água a mais? Inês S.
- Mexeu pouco? Tomás A.
- Mexeu demais? Matilde S.
- Pôs farinha a menos? Clara
- Falta alguma coisa? João
- Meteu água a menos ? Inês B.
- Estragou-se a farinha? Luís


Depois, pensámos no que poderemos voltar a fazer para testar as hipóteses e para que a actividade tenha os resultados esperados:



O que fazer para testar as hipóteses?
-Tentar de novo com menos e mais farinha. Francisco
-Meter mais ou menos água. Isabel
-Fazer a mesma experiência e logo no dia em que o Henrique traz. Afonso
-Repetir e mudar o instrumentos de mexer. Clara
-Ler de novo as instruções da experiência. Catarina


Planeámos quais as variáveis a testar e a controlar e ficámos à espera que o Henrique volte a trazer material para "pôr mãos à obra". O Francisco e a Francisca registaram os dados nos seus Magalhães.

Que bom! Parece que o bichinho das actividades experimentais permanece nos golfinhos desde o ano passado! Gostei de perceber como já estão tão familiarizados com os processos e como mostram facilidade nestas questões!


Parabéns, pequenos cientistas!

quarta-feira, 11 de março de 2009

A praia do mar - Madredeus

Ontem começámos a trabalhar um livro delicioso: "A menina do mar", de Sophia de Mello Breyner Andersen.
A professora leu uma parte do livro antes de sairmos e deixou todos os golfinhos na expectativa.

Hoje, todos leram um poema de uma canção, escrito por Pedro Ayres Magalhães: "A praia do mar".
Esta canção é do grupo Madredeus e também fala da praia, de um menino e uma menina e do mar.

À tarde, na Biblioteca da escola, ouviram a canção, tentando acompanhá-la e ouviram mais uma parte da história.

Desfrutem da música, com imagens de tranquilidade e a voz de Teresa Salgueiro:

(Desliguem a Rádio Golfinhos FM)



E agora, uma brincadeirinha:

video

segunda-feira, 9 de março de 2009

Descobrindo D. Afonso Henriques

Com a última ida ao teatro, os golfinhos ficaram entusiasmados com a história de D. Afonso Henriques. Foi assim que imaginaram ter sido o nosso primeiro rei:



Aproveitando todo o interesse e entusiasmo, resolvemos fazer uma pesquisa na Internet e descobrimos alguns dos castelos conquistados por este rei. Para isso, usámos um dos computadores da sala e o datashow. Esta pesquisa suscitou bons momentos de conversa e partilha de conhecimentos e permitiu ver algumas fotografias dos castelos conquistados e do próprio rei.


Depois, ouvimos a história de D. Afonso Henriques, através de 2 livros trazidos pelos golfinhos (Francisco, Inês D. e Clara). Também escutámos 2 canções divertidas.


Mais tarde, os golfinhos puderam usar os conhecimentos que adquiriram num trabalho de expressão escrita que, a pares, realizaram no Magalhães: uma entrevista a D. Afonso Henriques.

domingo, 8 de março de 2009

Dia Internacional da Mulher

Hoje é o Dia Internacional das Mulheres!
Por isso, não podia deixar de aqui passar para deixar um grande beijo e abraço a todas as mulheres importantes na vida dos golfinhos:

Beijos para as nossas avós...
Beijos para as irmãs, as tias, as primas e outras mulheres da família...
Beijos para as nossas amigas...

Beijos muito especiais para as nossas mães...

Beijos para as golfinhas, desta mulher-professora-amiga...



recados orkut

sábado, 7 de março de 2009

Um importante comentário

No dia 16 de Fevereiro, os golfinhos receberam um importante comentário no post "200 amigos (ou mais) para uma vaca", escrito no dia 31 de Maio de 2008.

Como o post é já mais antigo, não demos logo por ele, mas, como o nosso mail regista todos os comentários, foi com GRANDE surpresa e alegria que lemos as palavras que nos foram deixadas por Miguel Tanco, ilustrador do livro que trabalhámos:

"Estimado Autor. Mi nombre es Miguel Tanco, soy ilustrador del libro 200 amigo ou mais para una sola vaca. y me ha encantado su post sobre el dibujo de los niños del libro .

Le quería pedir si puedo usar algunas de sus imágenes para mi blog. tanco.blogspot.com. Será muy interesante analizar desde el punto de vista de los niños la reinterpretación de las imagenes. Espero su respuesta . Muchas gracias"

Ora que honra!!!

Claro que esta professora babada já mandou os desenhos para tão ilustre ilustrador!

Claro que os golfinhos adoraram esta notícia!

E claro que adoraram ouvir a professora ler em "espanhol"!

quarta-feira, 4 de março de 2009

Assim brincavam os meus pais...

Este é o novo capítulo do livro dos pais, que hoje vai começar novamente a circular. (Uma óptima ideia da mãe Aida!)

Desta vez serão os pais da Clara a dar início à aventura de escrever sobre a sua infância.

Tal como refere o sub-título do livro, pretende-se que os pais dos golfinhos escrevam um pouco sobre os jogos e as brincadeiras da sua época de crianças:
- contem-nos como brincavam e ao que jogavam;
- ensinem-nos as regras desses jogos e brincadeiras;
- mostrem-nos fotos ou imagens;
- ofereçam-nos (ou emprestem-nos) exemplares para brincarmos ou para vermos e colocarmos em exposição...

Desta vez, há a possibilidade do livro trazer um novo alento aos intervalos dos golfinhos. Pode ser que sempre consigamos o tal "Baú dos Jogos"...

terça-feira, 3 de março de 2009

O nosso desfile de Carnaval

Este ano a preparação do Carnaval começou bem cedo, com o início do estudo das Grutas da Quinta do Anjo e dos povos pré-históricos.

Depois de começar a trabalhar sobre o tema, enviámos um importante pedido de ajuda aos pais:

"Olá pais!
O Carnaval está a chegar e o nosso Desfile Carnavalesco será já no próximo dia 20 de Fevereiro.
Este ano, a nossa turma vai representar o período pré-histórico, época em que as Grutas da Quinta do Anjo foram construídas.
Para isso, preciso da vossa ajuda.
Preciso que me ajudem a elaborar o meu fato, usando materiais à vossa escolha (tecido, plástico, serapilheira…). Podem inspirarem-se em imagens da época e nos desenhos feitos por mim.
No dia do desfile, preciso também de trazer camisola e “collants” ou calças de cor creme (próxima do tom de pele) por baixo do fato.
Os acessórios serão construídos por mim, na escola."


E começámos a fazer um importante projecto "Vestir de Pré-históricos".
Os golfinhos empenharam-se bastante e desenharam como queriam que fosse o seu fato e os seus acessórios, surpreendendo-nos com os seus dotes de estilistas de moda:

Os pais andaram muito empenhados na confecção das fatiotas e os golfinhos encantados com colares e afins, que construiram com paus, fios, massa de moldar, restos de tecidos, penas, ossos, conchas...

No dia, estavam todos "homens e mulheres das cavernas" verdadeiramente encantadores!
O desfile correu muito bem. Os golfinhos desfilaram com orgulho e alegria e portaram-se às mil maravilhas.


Obrigada, pais golfinhos pela excelente colaboração. Esta professora ficou tão orgulhosa! Os nossos meninos estavam lindos e proporcionaram-me um dia maravilhoso.

Obrigada mãe Cristina e Tomás F. pela surpresa da tarde. Adorei a magia com que iniciaram a minha tarde dos 31!
Obrigada a todos pelos mimos com que me presentearam.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Ida ao teatro "O Bando"

Hoje, dia 2 de Março de 2009, fizemos uma visita ao teatro “O Bando”, no vale dos Barris, em Palmela.
Fomos de autocarro, com os alunos da professora Susana ( 3.ºA). A viagem foi curta e portámo-nos bem. Ouvimos músicas infantis e conversámos baixinho.
Quando lá chegámos, lanchámos dentro de uma casa e depois fomos passear e explorar a serra.
Encontrámos plantas espontâneas de várias tipos como: azedas, oliveiras e alcachofras. Subimos metade da serra e depois descemos, porque estava quase a começar o teatro.
A peça chamava-se “Afonso Henriques” e falava da vida e história do primeiro rei de Portugal. Quando começou, ouvimos muita música dos tempos antigos, tocada por uma gaita de foles e tambores. Havia cinco actores, que faziam várias personagens. Escondiam-se atrás do cenário e mudavam de roupa e de adereços. Em cima do palco estavam dois castelos, bandeiras, tambores, escadas, um xilofone, uma viola e outros acessórios.

A peça foi divertida e gira. Teve algumas piadas.
Depois da peça acabar, almoçámos lá e fomos subir novamente a serra. A Isabel e a Matilde S. foram as nossas guias, porque andam num curso lá no «Bando». No sítio onde parámos, dava para ver o Castelo de Palmela e falámos sobre o D. Afonso Henriques e os castelos que conquistou.
Às 2 horas da tarde voltámos para a escola.
Adorámos tudo.


Texto Colectivo