quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Provérbios dos meses

Olá pais!

Os golfinhos estão a estudar os “meses do ano” e precisam da vossa ajuda.
Vamos construir um dossiê de provérbios ilustrados e queremos começar por recolher provérbios onde surjam os meses do ano.
Dão-nos uma ajudinha?
É só uma pequena pesquisa!


P.S. Ficamos à espera da vossa ajuda até 2.ª feira (dia 29).

5 comentários:

Aida disse...

deixo aqui um sitio na Net com provérbios para todos os meses.
http://aproximar.drealentejo.pt/MCarvalho/trabalhos/proverbios/indprov.htm
Mas como sei que estão sem net vou escrever um dos meu preferidos aqui:
O sol de Junho madruga muito.

Beijinhos e bom trabalho

Anónimo disse...

Olá Golfinhos!

Estão todos animados com este novo ano de trabalho?
Então vá, em relação aos provérbios fica aqui um local com muitos:

www.lusolingua.com

Deixo-vos alguns:
Janeiro frio e molhado enche a tulha e farta o gado.

Quem dormir ao sol de Agosto passa por desgosto.

Novembro à porta geada na horta.

Beijinhos aquáticos a todos os Golfinhos, desejo-vos um óptimo ano de trabalho e boa disposição.
Tenham calma com a golfinha Marisa, não se estiquem muito senão...
P'ró golfinho Luis vai uma beijoca extra.

Maria João

João disse...

E aqui vão mais uns:

Em Janeiro sete casacos e um sombreiro.



Quando não chove em Fevereiro, nem bom prado nem bom soleiro.



Em Março, chove cada dia um pedaço.



Em Abril águas mil, coadas por um funil.



Tantos dias de geada até Maio, quantas vezes de nevoeiro teve Janeiro.



Junho calmoso ano formoso



Deus ajudando vai em Julho mercando



O Agosto será gaiteiro, se for bom o Janeiro.



Em Setembro, planta, colhe e cava que é mês para tudo.



Outubro, Novembro e Dezembro, não busques o pão no mar, mas torna a teu celeiro e abre o teu mealheiro.

E mais estes:

Janeiro
“Não há luar como o de Janeiro nem amor como o primeiro.”

 Fevereiro
“Em Fevereiro chuva, em Agosto uva.”

 Março
“Quando florir o maracotão os dias iguais vão.”
 Abril
“Abril águas mil.”
 Maio
“Quando o Maio acha nabo tudo deixa espigado.”
 Junho
“Em Junho ceifeira em punho.”
 Julho
“Julho calmoso traz o ano formoso.”
 Agosto
“Água de Agosto açafrão, mel e mosto.”
 Setembro
“Lua nova setembrina, sete meses de termina.”
 Outubro
“Outubro quente traz o diabo no ventre.”

Abraços para os golfinhos, em especial para o Afonso

Pai João

Maria Antónia disse...

Ora vamos lá ver se consigo ajudar:

Em Setembro ardem os montes e secam as fontes.

Setembro molhado, figo estragado.

Vindima molhada, pipa depressa despejada.

S. Miguel soalheiro, enche o celeiro.

Logo que Outubro venha, procura lenha.

Em Outubro pega tudo.

Outubro meio chuvoso torna o lavrador chuvoso.

Quem planta no Outono leva um ano de abono.

Dos Santos ao Natal é bom chover, melhor nevar.

Quando chegar Novembro deixarei aqui mais, prometo.

Maria Antónia disse...

Queria ter dito:

Outubro meio chuvoso torna o lavrador venturoso.